Notícias

"Crítico do Le Monde escolhe disco de Katia Guerreiro"

“Sempre, de Katia Guerreiro foi escolhido pelo crítico francês Patrick Labesse como um dos cinco discos melhores do ano. “Voz soberana e intensa, Katia Guerreiro transporta também uma memória, a do fado tradicional. Sem com isso por de lado a poesia contemporânea e o prazer da digressão, como é testemunho o seu brilhante Sempre”.” (DN)

Katia Guerreiro: “José Mário Branco era o meu mestrinho”

“Durante o concerto, Katia contou histórias nunca reveladas sobre o relacionamento entre o compositor e a fadista. “Este tema, ‘Vem’, vai ser cantado pela primeira vez. Escrevi-o quando estava grávida do meu filho e a música é do José Mário Banco”, assumiu com a voz embargada.
A fadista viu uma plateia emocionar-se com a apresentação de um vídeo que mostrava imagens da fadista em estúdio com José Mário Branco e no qual era bem visível cumplicidade que existia entre os dois. “Fico muito honrada por me ter escolhido como sua filha do fado. Sinto-me muito privilegiada por isso”, confessou.” (Agência Informação do Norte

Katia Guerreiro - Coliseu do Porto

” Katia Guerreiro fez uma linda homenagem ao seu mestre, à improbabilidade da relação que criaram e à força criativa e transformadora desta relação, a única coisa que conta.” (DN)

Katia Guerreiro - Coliseu do Porto

“O mais recente álbum de Katia Guerreiro chama-se, inevitavelmente, “Sempre”. (…) é o 10.º álbum de Katia Guerreiro. Unanimemente reconhecida como uma das mais importantes fadistas do novo milénio é, acima de tudo, uma embaixadora do fado e de Portugal nos mais variados círculos culturais internacionais” (Antena1)

Pedro Moutinho - Casa da Música

“Após o lançamento de “Força do Mar“, o 2º single de “Um Fado ao Contrário“, (…) está de regresso a uma das salas que melhor o acolheu e onde ele mais gostou de cantar: a Casa da Música no Porto, dia 26 de Outubro.” (Glam Magazine).

Helder Moutinho - Bons Sons

“Helder Moutinho parecia a aposta arriscada do segundo dia do festival.(…) Helder Moutinho a prestar a mais bela homenagem ao fado tradicional. (..) Um respeito imenso do público naquele que terá sido seguramente um dos concertos mais bonitos de todas as edições do Bons Sons. ” (Linda Formiga in Comunidade Cultura e Arte).

Jorge Fernando - Santa Casa Alfama

“Coube a Jorge Fernando abrir as actuações do segundo dia de Santa Casa Alfama (..)  Um espectáculo de final de tarde, com forte adesão de público e com Jorge Fernando a mostrar as qualidades que fazem dele um caso ímpar na música portuguesa, com carreira extraordinária de 40 anos. Quem é rei jamais perde a majestade!”(Rui Lavrador, Infocul)

Yami Aloelela - Viva a Música

“De 1 a 23 de Dezembro de 2016, o cantor, compositor, produtor, letrista e multiinstrumentista luso-angolano Yami Aolelela fez uma viagem de jipe de sul a norte de Angola, o país em que nasceu. (…)E foi a pedra de toque e inspiração maior para o seu novo álbum, “Casa”. (Nuno Morais, Antena1)

Isabel Mesquita - Edição de “Ilhéu”

“A cantora portuguesa – mas com uma música aberta ao mundo – Isabel Mesquita edita o seu primeiro álbum a solo, “Ilhéu”, através da MWF – Music Without Frontiers. O seu disco de estreia tem produção do prestigiado músico e cantor luso-angolano Yami Aloelela e, nele, mostra como a sua arte, nascida na Ilha de Santa Maria (Açores) (…)” (Nuno Morais, Antena 1)

Helder Moutinho - Orquestra Chinesa de Macau

“Concerto “Instrumentos Tradicionais Chineses de Cordas e Fado”, com a participação do cantor Helder Moutinho, a ter lugar no Centro Cultural de Macau – Grande Auditório, pelas 20:00 horas, evidenciando o intercâmbio cultural e artístico entre a China e Portugal, e reflectindo o charme único da integração harmoniosa das culturas chinesa e portuguesa.” (Portal do Governo da ERA de Macau)

Mafalda Arnauth - Fado Funchal

“A 2.ª edição do Fado Funchal – um evento da Câmara Municipal do Funchal, em parceria com a Associação de Fado da Madeira (…)  Mafalda Arnauth com ConcentusPerTempora-Ensemble, um momento para ouvir aquela que é considerada uma das vozes incontornáveis do “novo fado””. (Diário de Notícias Madeira)

Paula Oliveira - Concerto na Fundação Saramago

“No dia 18 de junho, às 18h30, quando passam nove anos da morte de José Saramago, recordá-lo-emos com o espetáculo «Canções possíveis para os poemas possíveis» (Nota: Agora, “Flores de Saramago”), de Paula Oliveira. Neste concerto, a intérprete transporta para o universo musical, através de composições de sua autoria, Os Poemas Possíveis, obra do autor português.” (Fundação José Saramago)

Jorge Fernando - Festival de Fado de Paris

“O Festival Fado in Paris vai levar dois dias de cultura portuguesa e fado à capital francesa, com concertos na sala Trianon. Já no domingo, haverá um encontro de «três gerações do fado»: Jorge Fernando, fadista e compositor, vai juntar-se às fadistas Luísa Rocha e Mara Pedro para uma tarde que visa mostrar a diversidade da tradicional canção portuguesa.” (Rita Aleixo, Volta ao Mundo)

Katia Guerreiro - Concerto no Trianon – Paris

“«Sempre» confirme et amplifie ce que nous savions déjà: au-delà de posséder une des plus belles voix du fado d’aujourd’hui, Katia Guerreiro a une vraie vision du fado, attachée à ses racines, et sensible à ses évolutions, auxquelles elle participe avec talent (il est vrai qu’on pourrait penser que pour elle, avoir une vision est la moindre des choses puisqu’elle est, aussi, médecin ophtalmologiste)”. (LusoJornal)

Katia Guerreiro - Concerto de Zagreb

“Bravo a Kátia Guerreiro! Bravo, igualmente, à Orquestra Filarmónica de Zagreb e ao Maestro Dario Salvi, pelo brilhante concerto na Sala Lisinski. A nossa Fadista conquistou e emocionou um público muito participativo, conhecedor e exigente ao qual deixou um sentimento que só se expressa plenamente numa palavra que unicamente existe em Português: “Saudade””. (Embaixada de Portugal na Croácia)

Pedro Moutinho - Concerto São Luiz

“Culminar de um percurso que começou nos anos 90 no circuito formativo das melhores casas de fado de Lisboa, Pedro Moutinho chega a este sétimo álbum – com fados clássicos e novos temas criados para a sua voz por compositores e/ou poetas (actuais) -, “Um Fado ao Contrário, no apogeu da sua voz, da sua maturidade artística e do seu modo pessoalíssimo de ser fadista.” (Nuno Morais, Antena1)

Contacte-nos

Registe-se na nossa Newsletter

© 2019 All rights reserved

Made With creativity by MWF